Centenário da Congregação Cristã no Brasil 1910 - 2010

Pasquale Bona


Pasquale Bona (Cerignola, 3 de novembro de 1808 — Milão, 2 de dezembro de 1878) foi um compositor e teórico musical italiano.
Em 1820 mudou-se para Palermo, para estudar música no Colégio Real de Spersi (agora Conservatório).
Em 1830 obteve um diploma de composição e canto. Em 1838 fixou-se definitivamente em Milão onde ensinou canto, teoria musical e teoria (desde 1838), e canto harmônico feminino (1851) e canto masculino (desde 1859) no Conservatório Real.
Foi professor de Amilcare Ponchielli, Arrigo Boito, e Franco e Alfredo Catalani. Foi amigo de Alessandro Manzoni, cuja música é coro de Adelchi na morte de Ermengarde Sparse le treccie morbide nas três composições dedicadas à comunhão. (Si, tu scendi ancor dal cielo, Ostia umil! - Sangue innocente, Sei mio, con Te respiro).
Escreveu diversas óperas, bem como sinfonias, música de câmara, canções de música sacra, peças para piano, cravo, violino e violoncelo.
Hoje, Pasquale Bona é lembrado especialmente nos métodos de ensino de leitura musical e numerosas coleções de solfejo. Seu método global de divisão (ainda em uso hoje na preparação para a leitura da música) educou gerações de estudantes para a correta leitura da música e para os conceitos que formam a base da teoria musical.

Para download da versão antiga do Bona Clique aqui
Para download da versão clássica do Bona Clique aqui
Para download da versão atual utilizada pela CCB Clique aqui