Centenário da Congregação Cristã no Brasil 1910 - 2010

Hino 13 - Pofundo é o Saber de Deus, Criador

Ficha Técnica


Compositor: Franz Joseph Haydn
Tonalidade: Lá maior
Fórmula de Compasso: Ternário Simples - 3/4 [Anacruse para o 3º Tempo]
Versão: Apenas no 4º Livro CCB.

Áudio do Hino

Origem



A verdadeira autoria desse hino é um grande enigma, apesar de no hinário da CCB atribuir a autoria ao grande compositor Franz Joseph Haydn. Essa obra nunca foi encontrada nas obras de Franz Joseph Haydn e tampouco nas obras de seu irmão Johann Michael Haydn.
Foi em uma compilação de hinário, por William Gardiner, de 1815, que apareceu pela 1ª vez a referência aos Haydns. Há diversas versões desse hino referindo-se ora a Franz Haydn ora por Michael Haydn.


No entanto, foi encontrada um trecho musical nas obras do compositor Joseph Martin Kraus, um compositor muito amigo de F. J. Haydn, um alemão que viveu muito tempo na Suécia.
A obra pode ter sido composta em 1785, em Londres, como “Kraus con variazioni (Scherzo ) - cuja melodia coincide com as notas do hino 013.

Em 1791 na cidade de Londres também houve uma composição como um conjunto de doze variações para piano e violino. A parte do violino pode ter sido uma adição de um outro compositor, talvez o "G. Haydn, "uma vez que uma edição posterior London (c. 1808) foi intitulada "Doze Sonita com variações para o Forte Piano com Violino Acompanhamentos, composto por G. Haydn ".

Popularmente o título desse hino é Lyons, pois recebeu esse título, em homenagem a cidade francesa Lyon. Também pode ser encontrada como “O Worship the King”, cuja letra foi composta por Robert Grant, baseado no Salmo cap. 104.

A Biblioteca Britânica e a Biblioteca de Estocolmo (Suécia), possuem essas partituras compostas por Kraus.

Para a análise completa da autoria dessa música, consulte artigo como:
Dismore, Margaret K. "Lyons: A Tune em busca de seu compositor." O Hino 58,2 (Spring 2007): 27-31.